Tuesday, May 26, 2009

Layout para capa de livro, a tempos atrás.....



Uma capinha de livro que ilustrei ha alguns anos atrás, acho que uns 4 anos.... fiz para um amigo apresentar na epoca a editores e diz ele que o pessoal adorou a capa....Espero que todos vocês possam gostar também....Em breve mais capas de revistas e desenhos antigos.
He he he.....

Lazarini

Mascote Partido Verde - Criação de Personagem




Mascote Campanha Partido Verde Franca São Paulo Brazil criado por mim Lazarini e finalizado pelo arte finalista Tulio.
Mascote feito para campanha do canditato ao PV Cristiano Rodrigues para o ano de 2008.Gostaria de ressaltar que depois que fizemos este, varios corações apareceram por ai....
nada se cria tudo se copia!!!!

Lazarini

Tirinha Dr Pés Saudáveis - Mauricio Melo e Lazarini 2009.



postada finalmente a tirinha que fiz para o jornalzinho do Dr. Pés Saudáveis para meu amigo e parceiro o jornalista Mauricio Melo... espeor que curtammmmm....
Literalmente meu lance nunca foi fazer tirinhas, de vez enquando eu acerto alguma coisa....Não sei se foi este o caso....
Abraços a todos....

Lazarini

Layout Dr. Pés Saudáveis - Tirinha 2009...



Então, acho que agora disparo em postar tudo o que não havia postado antes, he he he!!!! Este layout fiz para um Amigo e Parceiro Jornalista Mauricio Melo, que está criando um jornal sobre cuidado com a saúde dos pés.... Até parece coisa de Pedólatra.... mas isso é outra história.... E então ele decidiu criar um Dr. e fazer tirinhas...
Ai está o primeiro layout e acima postarei a tirinha....

Valew....
Lazarini

Layout de Reformulação de Personagem TONELZINHO / Tonelzinho Character new layout 2009.




Hummm....deixe me ver como posso começar esta postagem!! Já faz pra mais de mês que não posto nada em meu blog, não por falta de vontade mas sim falta de tempo, infelismente ou felismente muito trabalho acumulado, projetos a serem finalizados e por aí vai....Mas vamos lá, este Layout é para uma possivel reformulação de Personagem para uma famosa rede de Comidas e Bebidas Típicas do Brasil, a Rede Água Doce Cachaçaria.
Está aí, o layout à lápis e também a finalização colorida no PS....
Espero que todos gostem....

Hmmmm... let me see how I can begin this post!!! A few weeks that I don t post anything here in my blog.. Timeless? Hmmmm no! Unfortunately or fortunately I ´ve been very busy in my drawings and project to do, but let´s go! This is my new brand Layout about character reformulation idea that maybe I ´ll finished it. I did this layout for one fast food and drink famous chain that there are in Brazil - Água Doce Cachaçaria.
Pencil and PS color layout, I hope all enjoy...

Lazarini

Friday, May 8, 2009

Mudanças na Lei Rouanet (ou cadê o Direito Autoral que estava aqui?)

Mudanças na Lei Rouanet (ou cadê o Direito Autoral que estava aqui?)
4 de maio de 2009

Recebi um e-mail do animador brasileiro Céu D’ Ellia, alertando para o perigo de termos um projeto de lei alterando a Lei Rouanet (de incentivo a cultura), que podem vaporizar os direitos autorais do criador da obra depois de 18 a 36 meses.

O e-mail dele, excelente por sinal, pode ser lido aqui.



Na quarta-feira, dia 6 de maio, termina o prazo para manifestações sobre o novo texto da Lei Rouanet.

Qualquer autor (escritor, músico, ilustrador, fotógrafo, artista plástico ou designer) que tiver noção de quanto isto é danoso e lesivo ao seu próprio dinheiro, pode enviar um e-mail profic@planalto.gov.br com a seguinte mensagem:

SOU CONTRA O ARTIGO 49 PROPOSTO NO PROJETO DE LEI.

Não deixe que o governo arranque (novamente) o dinheiro que é seu por justiça e por direito.

Direito Autoral é o salário do autor.

Proteste!

Segue abaixo o texto que eu acabo de enviar à Casa Civil, com cópia para diversos jornalistas da radio CBN (milton@cbn.com.br, everson@cbn.com.br, roberto.nonato@cbn.com.br, roxane.re@cbn.com.br, vanessa@cbn.com.br, lizan@cbn.com.br, tania.morales@cbn.com.br, herodoto@cbn.com.br, cbnsaopaulo@cbn.com.br, piotto@cbn.com.br, e adalberto.piotto@cbn.com.br).

_________________________________________________

Caros senhores,

Escrevo por discordar com as mudanças da Lei Rouanet, especialmente no que diz respeito à perda dos direitos autorais dos criadores da obra, em um período de 18 meses a 3 anos.

Quem produz Arte não vive de amor à Arte, é um meio de vida, um sustento legítimo, legal, honesto e gerador de impostos, como qualquer outra atividade comercial.

Ser obrigado a abrir mão dos direitos autorais e patrimoniais de uma obra significa que o autor deixará de receber o pagamento por um trabalho, sendo que as outras partes integrantes da cadeia produtiva (gráficas, distribuidoras, editoras, bancas e livrarias) continuarão a receber o que lhes é justo.

Todos trabalhamos por um objetivo claro: manter o nosso sustento, não como “artistas” no sentido lírico e sonhador da palavra, mas como trabalhadores que somos.

A palavra “Arte” banaliza e mitifica a real função do nosso trabalho: a CRIAÇÃO DE PROPRIEDADE INTELECTUAL não é uma atividade lúdica, nem mera terapia ocupacional. Estamos falando de trabalho especializado, que gera empregos, custos internos, impostos, e nos consome anos de investimento para estudar, dominar e produzir tal serviço.

Não fazemos isto por outro motivo senão manter a sobrevivência, nossa e de nossos dependentes, e isto está sendo colocado em risco com esta alteração da Lei Rouanet.

É muito importante que as Leis brasileiras sejam feitas de forma a construir melhores condições de trabalho e sustento aos trabalhadores, e não suprimir o pagamento que lhes é justo e de direito, conquistado com esforço e especialização, que também não nos chega por um “dom divino”, mas por décadas de investimento e estudos.

Peço que reconsiderem os fatos, e removam o artigo 49 deste Projeto de Lei.

Art. 49. O Ministério da Cultura e demais órgãos da Administração Pública Federal poderão dispor dos bens e serviços culturais financiados com recursos públicos para fins não-comerciais e não-onerosos, após o período de três anos de reserva de direitos de utilização sobre a obra.
Parágrafo único. A disposição dos bens tratados neste artigo para fins educacionais, igualmente não-onerosos, poderá se dar após o período de um ano e seis meses de reserva de direitos de utilização sobre a obra.
Que as “Leis de Incentivo à Cultura” sejam implementadas para colocar em prática exatamente o que o nome implica: INCENTIVO e não o oposto disto.

Atenciosa e respeitosamente,

Montalvo Machado
ilustrador - SP

Texto retirado com todo o respeito do Blog de Montalvo Machado. Respeitando
sempre todos os direitos autorais e apoiando a causa dos Ilustradores.

A. Lazarini