Thursday, July 8, 2010

CRÍTICA AO NOVO CÓDIGO FLORESTAL




Em São Paulo, a presidenciável do PV, senadora Marina Silva, voltou a criticar a aprovação da mudança do Código Florestal na comissão especial da Câmara na véspera. A candidata disse que caso fosse presidente, vetaria o texto.

- Vetaria porque é um desserviço ao setor agrícola - disse Marina, ao visitar a Feira Internacional de Modas em Calçados (Francal), em São Paulo. Sobre a Feira de calçados elogiou o setor, especialmente, Rio Grande do Sul e Franca, bem como a sobretaxa ao calçado da China, conseguida via o deputado federal do PV José Paulo Tóffano.Nessa quinta ela estará em Araguari, Uberlândia e Uberaba.
A candidata do PV teve um tomo bem ecologista ao afirmar que a sociedade brasileira deve se preparar para "o segundo momento dessa disputa, que é no Senado". Ela defendeu uma mobilização da população semelhante à que foi vista na provação da Lei da Ficha Limpa.
Marina criticou ainda o relator do projeto, o deputado federal Aldo Rebelo (PCdoB-SP):
- Que a gente não continue sujando a ficha das nossas florestas com esse retrocesso. E que a gente possa dar uma resposta para tentativa do deputado Aldo Rebelo de abrir mão das conquistas da Constituição de 88. Quando revogou o artigo primeiro do Código Florestal, (ele) disse que nós os brasileiros não somos os donos das florestas.
Fonte: RedePV, Niza Martins e O Globo

(http://folhaverdenews.blogspot.com)

Texto: Padinha
Arte: Lazarini

No comments: